Diagrama de Ishikawa: mapeie problemas e encontre soluções para o seu negócio

Encarar o atual mercado exige das empresas movimentos inteligentes e tomadas de decisões estratégicas. Hoje, mesmo a menor das falhas pode trazer sérias dores de cabeça para os gestores lá na frente. Por isso, nenhuma ação pode ser feita com base em “achismos”; é preciso fortalecer as medidas com dados. E o Diagrama de Ishikawa é a ferramenta ideal para encontrar erros e visualizar rápidas soluções.

O Diagrama de Ishikawa é uma ferramenta de gestão utilizada para identificar falhas, oportunizar correções e evitar futuras ocorrências. Criado na década de 1940 pelo engenheiro japonês, Kaoru Ishikawa, tem como o objetivo de identificar as causas principais de problemas para que empresas não desperdicem soluções em causas secundárias (Neipatel).

Também chamado de Espinha de Peixe ou Diagrama de Causa e Efeito, o diagrama foi aperfeiçoado para utilizar em diferentes segmentos e negócios. Hoje, a ferramenta é uma das mais lembradas em ações de melhoria e controle de qualidade das organizações, visto que auxilia no tratamento de não conformidades.

Inclusive, o Diagrama de Ishikawa está disponível como ferramenta de análise dentro da Suite SA, no módulo SA Occurrence Manager e na seção de componentes. Nele é possível agrupar e visualizar várias causas de origem de qualquer problema ou de um resultado que se pretende melhorar dentro da rotina da empresa.

Quais são os benefícios de usar o Ishikawa?

  • Melhora o entendimento sobre os processos
  • Melhora os níveis de produtividade
  • Ajuda a encontrar, facilmente, as melhores soluções para os problemas
  • É flexível, ou seja, se adapta a qualquer empresa e problema
  • Ajuda a manter o foco da equipe nas soluções prioritárias
  • Melhora a visão do negócio

Como desenhar o Diagrama de Ishikawa?

Ao fazermos referência ao modelo “espinha de peixe” já é possível imaginar como desenhar o diagrama. Basicamente, ele consiste em uma linha horizontal central, seguida de seis linhas perpendiculares. Três na parte superior e outras três na inferior.

Cada uma destas linhas perpendiculares representa uma das seis categorias de análise (as causas), também chamadas de “6 Ms”. Já na ponta, ou na “cabeça do peixe”, é descrito o problema (o efeito).

Ao definir o efeito de análise, questiona-se de que modo determinada causa influencia para a incidência do problema e, então, completam-se os espaços com as devidas reflexões.

Na Suite SA, o diagrama já está desenhado dentro do sistema, sendo necessário somente editar o conteúdo da análise. Depois de salvo, é possível adicionar o modelo no SA Apresentador ou anexá-la a um indicador do software.

O que são os 6 Ms do Diagrama de Ishikawa?

Os 6Ms são seis causas/questões relacionadas a um problema. Quando ele é identificado, basta responder aos seis campos para descobrir qual etapa precisa de melhorias.

  • Método: Processos e procedimentos usados para a realização do trabalho.
  • Matéria-prima: Qualidade do material utilizado para a produção e seus fornecedores.
  • Mão de obra: Desempenho dos colaboradores para a execução do trabalho.
  • Máquina: Equipamentos e ferramentas usadas no processo ou projeto.
  • Medida: Métricas e indicadores utilizados para mensurar os resultados.
  • Meio ambiente: Momento do mercado, clima organizacional da equipe

Ishikawa X Não Conformidades

Como já explicamos aqui no Blog da Interact , a gestão das ocorrências é, inevitavelmente, sinônimo de dinheiro. Isso porque ter ou não controle das não conformidades irá definir se a empresa ficará andando em círculos com medidas paliativas para problemas e ocorrências ou se irá detectá-los, corrigi-los e, a partir disso, decolar em seu planejamento estratégico.

Neste contexto, o Diagrama de Ishikawa é uma ferramenta que só tende a contribuir para o tratamento das ocorrências e não conformidades. Por isso, ao falar de Gestão da Qualidade, a Espinha de Peixe logo se destaca entre os gestores. Além de simples de usar, é visualmente atrativa e amplia o olhar sobre o negócio.

Ficou interessado em saber mais sobre as não conformidades e como utilizar a ferramenta a seu favor? Baixe o e-book “Gestão e registro de Ocorrências: Aprenda como ganhar tempo e dinheiro com elas” no botão abaixo.

Compartilhe

Quer receber conteúdos
de gestão?

Assine agora mesmo a nossa newsletter