GRC: Um grande diferencial de segurança, integridade e competitividade

Uma forma de auxiliar as organizações a aproveitarem melhor as oportunidades e se prepararem para os cenários de incertezas, é por meio do GRC. A sigla, originária do inglês, corresponde a um conjunto de práticas de Governança, Risco e Compliance, utilizadas para aprimorar a gestão do negócio e mitigar riscos.

O GRC pode ser considerado como peça-chave para o alinhamento de processos entre os setores. Afinal, ele orienta o caminho a ser seguido e garante que cada um dos envolvidos siga o fluxo na mesma direção, sempre com o intuito de alcançar os melhores resultados.

Por isso, deve ser aplicado junto a todas as equipes, desde operacionais até os gestores e diretores, já que todos fazem parte da construção da infraestrutura de governança.

Como surgiu o GRC?

O acrônimo GRC foi criado em 2003 pelo Open Compliance and Ethics Group (OCEG), mas ganhou a atenção do mercado após ser publicado como tema central de um dos artigos do fundador da OCEG, Scott L. Mitchell, no International Journal of Disclosure and Governance.

O texto destacava que toda organização com visão para o futuro deveria ter o GRC como parte integrante de sua rotina. Não se tratava apenas de mais uma solução para sobrecarregar o negócio, mas sim um conjunto de práticas que apoiam e melhoram os resultados.

De acordo com o OCEG, ter o GRC implementado na empresa “trata-se de estabelecer uma abordagem que garanta que as pessoas certas recebam as informações certas nos momentos certos; que os objetivos corretos sejam estabelecidos; e que as ações e controles corretos sejam implementados para lidar com a incerteza e agir com integridade”.

E isso inclui o trabalho realizado por departamentos como auditoria interna, compliance, risco, jurídico, financeiro, TI, RH, bem como as linhas de negócios, a suíte executiva e o próprio conselho.

Por que utilizar o GRC?

Ao utilizar ferramentas ou softwares de GRC, é possível obter insights importantes para alinhar o crescimento seguro do negócio e as iniciativas de segurança.

Um processo de GRC bem feito pode trazer inúmeros benefícios para as empresas, tais como:

  1. Maior capacidade de adaptação às mudanças do mercado e ao modelo de negócio;
  2. Melhora a visibilidade e o gerenciamento das atividades por meio da gestão integrada;
  3. Redução da duplicação de atividades;
  4. Facilita o rastreamento das atividades de conformidade, tornando-as em um modelo auditável;
  5. Redução de custos gerados por violações de conformidade e falhas;
  6. Redução do risco apresentado pelos fornecedores;
  7. Aumento da capacidade de ampliação do negócio;
  8. Proteção de dados maior segurança para o dia a dia da empresa.

Conheça a nossa solução

A solução GRC – Governança, Riscos e Compliance da Interact oferece o melhor da tecnologia para a sua empresa.

Ela atende aos modelos e metodologias mundialmente utilizadas, tais como: ISO 9000, IS0 31000, PMBOK, SOX – Sarbanes Oxley, U.S. Sentencing Guidelines e muitos outros.

Além disso, ela possui fácil integração com sistemas de ERP, CRM e BI, e é compatível com critérios da ISO 27002.

Quer saber mais sobre os benefícios e funcionalidades? Clique no botão abaixo.

Compartilhe

Quer receber conteúdos
de gestão?

Assine agora mesmo a nossa newsletter